top of page

Covid: 149,6 milhões de brasileiros completam vacinação, 69,6% da população


Brasil já tem mais de 149,6 milhões de habitantes com vacinação completa contra a covid-19


Mais de 149,6 milhões de brasileiros já completaram a vacinação contra a covid-19, como indica o boletim divulgado hoje pelo consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte. Até aqui, 149.682.250 pessoas se vacinaram com as duas doses ou a dose única, o equivalente a 69,68% da população do país. O levantamento foi feito a partir dos números fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde. O ciclo vacinal foi concluído por 24.855 pessoas entre ontem e hoje no país. Foram aplicadas 24.630 segundas doses e 225 únicas. Neste período, também se vacinaram 58.612 brasileiros com a primeira e 95.944 com a de reforço, totalizando 179.411 doses ministradas no Brasil nas últimas 24.

Desde o início da campanha de vacinação no país, 164.701.073 habitantes tomaram a primeira dose até aqui, o correspondente a 76,67% da população nacional. Já foram aplicadas 44.463.539 doses de reforço ao todo, e 1.371.884 crianças de 5 a 11 anos já foram vacinadas com a dose inicial. Em termos percentuais, o estado de São Paulo conta com a maior parcela da população com vacinação completa: 79,29% de seus habitantes. Piauí (76,69%), Minas Gerais (73,56%), Mato Grosso do Sul (72,53%) e Ceará (72,4%) vêm a seguir. Os paulistas também estão à frente quanto à aplicação da primeira dose: 84,2% da população local. Na sequência, aparecem Piauí (83,99%), Santa Catarina (78,99%).

Chuva suspende vacinação contra a covid-19 em São Paulo A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo suspendeu a vacinação contra a covid-19 hoje (30) por conta do impacto das chuvas que atingem a cidade. Segundo a secretaria, a decisão foi tomada para preservar a segurança de munícipes e servidores, já que as vacinas seriam aplicadas em parques, que são áreas abertas. A previsão é que a vacinação seja retomada normalmente amanhã (31) nas UBS (Unidades Básicas de Saúde), megapostos e drive thrus.

Veículos se unem pela informação Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, g1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação. O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.



Comments


Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon
Veja Mais
bottom of page