top of page

Alunos das redes municipal, estadual e privada retornam às escolas; veja a situação em Minas


Muitas cidades retomam até mesmo as aulas presenciais do ensino médio, outras seguem sem previsão de volta



A partir desta segunda-feira (2) a volta às aulas nas escolas públicas e privadas de Minas Gerais pode ocorrer de forma presencial. A Itatiaia faz um giro pelo estado para saber sobre a retomada presencial.


Belo Horizonte

Na rede municipal voltam a funcionar instituições de ensino infantil, incluindo as creches conveniadas e turmas do 1º ao 5º anos do ensino fundamental. Antes das férias de julho, esses grupos já estavam no ensino presencial. A novidade é que na quinta-feira (5) haverá retomada das atividades presenciais nas escolas do 6º ao 9º ano.

O retorno presencial é facultativo, cabendo a decisão sobre o retorno a cada família.

Na rede particular, a volta às aulas será de todos os segmentos. A novidade é o retorno presencial dos alunos do ensino médio. A presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Minas, Zuleica Reis, garante que todas as medidas sanitárias serão cumpridas, mas ela revela preocupação com uma das determinações.

“O ensino médio tem uma característica diferente dos outras segmentos; têm o número maior de alunos em turma, então, a nossa preocupação é a manutenção no protocolo da Prefeitura de Belo Horizonte com relação ao distanciamento de 2 metros. Ele dificulta que a gente faça apenas dois grupos e que os alunos possam ir mais vezes na escola. Dividindo esses grupos durante o mês, às vezes, o estudante vai à escola apenas uma semana só durante um mês inteiro dependendo do número de alunos, do tamanho da sala.”

Zuleica explica como o conteúdo será repassado aos alunos. “As escolas estão preparadas para o ensino híbrido, ou seja, a turma que estiver presencial estará com professor em sala de aula e os que estiverem em casa assistirão interagindo com o professor e vendo os colegas na mesma aula que está sendo dada presencialmente.”

Ao todo, são 834 escolas particulares na capital mineira, 10.504 professores e outros profissionais e 150.994 alunos.


Região dos Inconfidentes

Na Região dos Inconfidentes, o semestre letivo de Itabirito tem início previsto para esta segunda-feira, mas os alunos só voltarão a frequentar as escolas a partir do dia 23 de agosto. A Prefeitura de Itabirito informou que nesta semana serão distribuídos os materiais didáticos impressos, além de cestas básicas aos alunos da rede pública municipal. Com o início da retomada gradual das aulas presenciais, a partir do dia 23 de agosto as escolas de Itabirito deverão receber os alunos da educação infantil aos anos iniciais do ensino fundamental. A retomada só ocorrerá para os alunos cujos pais ou responsáveis optarem pelo retorno e assinarem um termo de compromisso.

Em Mariana, o retorno gradual das aulas presenciais está previsto para ter início na segunda quinzena de setembro, diante da estimativa do governo estadual de que todos os mineiros vacináveis, ou seja, maiores de 18 anos, tenham tomado pelo menos uma dose do imunizante contra a covid-19.

Ouro Preto não tem previsão de retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas. Um comitê de volta às aulas foi criado na cidade para debater o assunto, mas o retorno imediato das aulas presenciais ainda não foi autorizado. A Universidade Federal de Ouro Preto informou que o próximo semestre letivo, com previsão de término para fevereiro de 2022, será realizado totalmente de forma remota.


Sul de Minas

A Secretaria de Educação de Varginha confirma a volta às aulas presenciais em todas as escolas municipais e centros de educação infantil nesta segunda-feira. Todos os imóveis foram preparados com sinalização de distanciamento e outros itens para controlar o avanço do coronavírus. Todos os professores foram vacinados, segundo a prefeitura.

Varginha já tinha começado as aulas presenciais na rede municipal em março, mas houve confirmação de casos de covid entre professores, depois a onda roxa e as aulas voltaram para o sistema apenas remoto. Nesta segunda, as escolas reabrem para o sistema híbrido.

A rede estadual de Varginha tem previsão de retorno nesta terça-feira (3) para os anos iniciais. Segundo a Superintendência Regional de Ensino, três escolas já estão autorizadas pela Vigilância Sanitária e a quarta deve receber autorização nesta segunda-feira. Os pais podem se informar na escola onde o filho está matriculado sobre o recebimento dos alunos e o sistema híbrido.

A rede particular em Varginha havia sido autorizada a receber os alunos em março, voltou a fechar na onda roxa, reabriu em maio e não fechou mais.

Kommentit


Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon
Veja Mais
bottom of page