top of page

Coronavírus: Governo de MG anuncia app de telemedicina para consultas online


Romeu Zema em pronunciamento sobre o combate ao coronavírus em Minas. — Foto: Reprodução

O governo de Minas Gerais anunciou, nesta sexta-feira (8), o aplicativo de telemedicina "Saúde Digital". A ideia é que consultas com profissionais de saúde sejam feitas online, evitando o deslocamento do paciente sem gravidade até um hospital.

"Dependendo do pré diagnóstico, pode ou não ser encaminhado para uma consulta presencial. Queremos evitar que pessoas que estão em risco tenham de se deslocar até uma clínica ou hospital, onde o risco é maior ainda. Tornando a consulta mais ágil e muitas vezes resolvendo o problema à distância", disse o governador Romeu Zema (Novo).

De acordo com a assessoria de imprensa do governador, o aplicativo está disponível apenas para Android. Depois de baixar o app, o usuário responde a um questionário e, de acordo com o resultado, agenda uma consulta com médicos, enfermeiros ou psicólogos.

Segundo o secretário de Saúde Carlos Eduardo Amaral, os profissionais que farão o atendimento são da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig).

O último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado nesta manhã, informou que mais de 110 pessoas já morreram com coronavírus em Minas Gerais. O número de casos confirmados de Covid-19 já passa de 2,9 mil.

"Fico extremamente sentido com a perda dessas vidas, mas, por outro lado, ressalto que a nossa situação, se comparada com outros estados, está muito menos dramática", afirmou Zema.


'Lockdown' não descartado


O secretário de governo Igor Eto, que também participou da entrevista coletiva, não descartou o 'lockdown' -- medidas mais restritivas de tráfego e circulação de pessoas -- para conter a propagação do coronavírus em Minas Gerais.


  • Entenda o que é 'lockdown'


"O momento agora é de conscientização de todos nós mineiros. Todos os mineiros vêm fazendo o ótimo trabalho de manter o distanciamento social. A situação é monitorada diariamente. Toda medida será tomada, se for preciso", respondeu ao G1.


Isolamento social


Minas Gerais registrou queda de 62% para 39,5% na adesão ao isolamento social entre os meses de março e maio, segundo empresa que fornece dados ao governo. De acordo com a SES, cerca de três milhões de pessoas são acompanhadas através de aparelhos celulares.

O secretário de Saúde reforçou a importância do isolamento social neste momento. "Domingo é Dia das Mães. Entendo que todas as mães vão achar pertinente que os filhos que puderem ficar distantes serão filhos que estarão protegendo as suas mães, protegendo os seus pais. Vamos evitar aglomerações no Dia das Mães porque isso é proteger nossas mães", pediu Carlos Eduardo Amaral.

Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon
Veja Mais
bottom of page