Boi: após corrida aos supermercados, demanda interna por carne bovina cai


Foto: Plínio Queiroz/divulgação


Scot Consultoria afirma que caso o consumo caia, não está descartado que o viés de alta observado nos últimos dias para a arroba perca força


A Scot Consultoria alerta que o período de quarentena, por conta do novo coronavírus, começa a impactar o mercado interno de carne bovina. Segundo a empresa, a demanda tem dado sinais de arrefecimento, decorrentes do pico de compras realizadas no período anterior ao isolamento social.

“Por enquanto, a estratégia adotada pelos frigoríficos permanece: trabalhando com escalas curtas, e comprando compassadamente”, diz a Scot.

Do lado da oferta de boiadas, a empresa ressalta que não é esperado um aumento significativo entre a quarta, 1º e a quinta-feira, 2, porém, caso o consumo caia, não está descartado que o viés de alta observado nos últimos dias perca força.

Na quarta-feira, a referência de preço do boi gordo em São Paulo ficou estável em R$ 200 por arroba, preço bruto, à vista. “Vale destacar que há ofertas de R$ 5 a mais para animais jovens, com até quatro dentes, categorias quem atendem as exigências do mercado chinês”, comenta a consultoria em boletim diário.

As escalas de abate avançaram, mesmo que pontualmente, e atendem em média quatro dias.

Veja Mais
Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon
Banner Store 10-12-20.jpeg
logo site.png
038 - 3676-7630
038 - 988089166

© 2016 Afonso Almeida Videocomunicação Ltda - CNPJ 02.524.026/0001-64 - por Kalléo Pinheiro - Agência Mais

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon