Preço do milho acumula alta de 6% em fevereiro, diz Cepea

A sustentação vem da perspectiva de menor oferta nesta primeira safra, em função do clima desfavorável, e do ritmo aquecido das exportações

Foto: Governo Federal

Os preços do milho continuam firmes na maior parte das regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), mesmo diante do avanço da colheita da safra de verão.

Na região de Campinas (SP), por exemplo, o indicador Esalq/BM&FBovespa fechou a R$ 41,65 a saca na sexta-feira, 22, alta de 1,3% frente a semana anterior. No acumulado deste mês, a elevação chega a 5,9%.

Segundo pesquisadores do Cepea, a sustentação vem da perspectiva de menor oferta nesta primeira safra, em função do clima desfavorável, e do ritmo aquecido das exportações. Esse contexto mantém os vendedores retraídos do mercado, enquanto outros negociam apenas pequenos lotes e esperam maiores valorizações.

Além disso, muitos produtores estão com as atenções voltadas ao andamento da colheita. Já compradores estão mais ativos, com necessidade de repor estoques no curto prazo, o que, inclusive, impulsiona o movimento de alta dos preços em algumas regiões. Nesse cenário, as negociações no mercado interno estão lentas.

Veja Mais
Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon
Banner Store 10-12-20.jpeg
logo site.png
038 - 3676-7630
038 - 988089166

© 2016 Afonso Almeida Videocomunicação Ltda - CNPJ 02.524.026/0001-64 - por Kalléo Pinheiro - Agência Mais

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon