Preços da carne bovina subiram no atacado

Cotações da carne bovina no atacado tiveram variação positiva de 0,7% na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria

No fechamento da última semana de agosto, as cotações da carne bovina no atacado tiveram variação positiva de 0,7% na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria. A alta é reflexo da baixa oferta de matéria-prima e aumento da demanda pelo varejo. Contudo, ampliando o horizonte desta análise, em relação ao início de agosto os cortes ficaram, em média, 2,0% mais baratos, refletindo a dificuldade em escoar a produção. Mas alguns parâmetros econômicos trazem expectativas de melhora para o consumo das famílias este ano.


O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) da Confederação Nacional da Indústria (CNI) está em seu maior nível desde maio de 2016. A pesquisa também mostrou que, para os próximos meses, os brasileiros estão mais otimistas com a situação financeira e também com o emprego. Que aliás, segundo o IBGE, já são quatro quedas consecutivas no número de desempregados no país, mas estes ainda somam mais de 12 milhões de brasileiros. Por fim, esses índices trazem nuances quanto à recuperação econômica do país. O consumo está melhor do que o ano passado, mas ainda caminha em passos lentos.

Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon
Veja Mais