Foi lançada a 10ª Camapan...

1/6
Please reload

Empréstimos em Minas crescem 15%

Minas Gerais respondeu por 13% do crédito agrícola e pecuário disponibilizado para o País, que, no período, somou R$ 119,2 bilhões

 

Balanço divulgado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) mostrou que os produtores rurais do Estado tomaram R$ 15,9 bilhões em empréstimos, no âmbito do Plano Agrícola e Pecuário (PAP), na atual temporada agrícola 2017/2018. Minas Gerais respondeu por 13% do crédito agrícola e pecuário disponibilizado para o País, que, no período, somou R$ 119,2 bilhões.

O montante referente aos financiamentos para as atividades de custeio, comercialização, industrialização e investimento entre julho de 2017 e março de 2018 foi 15% maior do que os R$ 13,8 bilhões contratados em igual período da safra anterior. Os empréstimos rurais foram liderados para o custeio das atividades do campo, com participação de 55,3%.

O crédito rural para custeio, utilizado para cobrir as despesas do ciclo produtivo, na safra atual (2017/2018) chegou a R$ 8,8 bilhões contra R$ 7,9 bilhões dos mesmos meses do período produtivo anterior (2016/2017), um crescimento de 12%, segundo os dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Em número de contratos, houve uma queda de 3%, mostrando que o tíquete médio dos financiamentos aumentou, mas menos operações foram feitas.

Dentro dos financiamentos para custeio das atividades rurais do Estado, a área agrícola recebeu R$ 6,1 bilhões e a pecuária R$ 2,7 bilhões na safra atual, com crescimentos de 14% e 8%, respectivamente, frente à temporada agrícola anterior, de acordo com as informações do Mapa.

Em março, o crédito liberado para a linha de custeio foi destinado, principalmente, para as culturas do café (R$ 159,4 milhões), soja (R$ 61,2 milhões) e milho (R$ 42,1 milhões). Na pecuária, a maioria dos recursos foi aplicada em bovinos (R$ 162,5 milhões), suínos (R$ 26,5 milhões) e avicultura (R$ 11,9 milhões).

Investimentos

Para investimentos na lavoura e no rebanho mineiro, os produtores rurais contrataram R$ 3,5 bilhões na temporada atual, com alta de 27% em relação aos R$ 2,8 bilhões da temporada passada. Os recursos disponibilizados para a área agrícola alcançaram R$ 1,8 bilhão e para a pecuária, R$ 1,7 bilhão, evoluções de 41% e 15%, nesta ordem.

Conforme já afirmou o superintendente de Abastecimento e Economia Agrícola da Seapa, João Ricardo Albanez, o aumento da demanda pelos recursos do crédito agrícola para investimento mostra maior otimismo e confiança dos produtores rurais de Minas Gerais.

Comercialização e industrialização

O crédito rural oficial para comercialização de produtores mineiros somou R$ 3,4 bilhões na temporada atual, contra R$ 2,8 bilhões na anterior, crescimento de 21%, conforme os dados do Mapa. A pecuária recebeu R$ 890 milhões e a agricultura, R$ 2,5 bilhões na modalidade. Os contratos para a industrialização nos campos mineiros somaram R$ 80 milhões nesta temporada e despencaram 70% em relação aos R$ 270 milhões da temporada passada.

Compartilhar com Facebook
Compartilhar com Twitter
Please reload

Veja Mais
Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon

Receita de Panquecas Recheadas...

Dica Técnica de limpeza do tan...

Mau funcionamento e burocracia...

Blitz da campanha Natal Solidá...

1/3
Please reload

Foi lançada a 10ª Camapanha Na...

1/6
Please reload

logo site.png
038 - 3676-7630
038 - 988089166

© 2016 Afonso Almeida Videocomunicação Ltda - CNPJ 02.524.026/0001-64 - por Kalléo Pinheiro - Agência Mais

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon