Mercado de micróbios deve chegar a US$ 6,01 bilhões

Produtos são mais específicos que pesticidas comuns

O mercado de micróbios agrícola é estimado em US$ 3,09 bilhões em 2017 e deve alcançar US$ 6,01 bilhões em 2022, um crescimento internanual de 14,21%. Os benefícios agrícolas e ambientais associados com essas soluções são os fatores que mais contribuem para o crescimento desse mercado globalmente. Em comparação com similares químicos, as soluções microbiais são muito específicas para os alvos.


A proteção de cultivos é a principal função das empresas de insumos agrícolas. Devido às proibições cada vez maiores de pesticidas químicos em grandes países, há um imenso escopo e uma crescente demanda para o desenvolvimento de micróbios agrícola. O custo reduzido de desenvolvimento e tempo associado com pesticidas microbiais, redução na disponibilidade de ingredientes ativos químicos ou sintéticos e aumento da resistência a muitos pesticidas químicos empurra o mercado em direção a proteção de cultivos microbial.

O mercado agrícola de micróbios, baseado em tipos, está segmentado em bactérias, fungos, vírus e protozoários. A aplicação da bactéria na agricultura cresceu em termos de biofertilizantes e biopesticidas como trazem mais rendimento de forma sustentável. As cepas bacterianas são facilmente removíveis do ambiente próximo e podem ser isoladas ou reproduzidas. A aplicação de cepas bacterianas na agricultura deve aumentar com a entrada de novos agentes no mercado e um crescente número de lançamento de produtos.


Frutas e verduras são comidas sem processamento industrial; as preocupações com relação a resíduos de pesticidas é mais alto nesses cultivos comparados a outros tipos de cultivos que não são consumidos em sua forma crua. Os micróbios agrícolas são principalmente usados na produção de frutas e vegetais.

Os micróbios podem ser aplicados de diversas formas, das quais a pulverização foliar é a mais usada em todo o mundo. No entanto, os alvos precisos e as vantagens de aplicações associadas com o tratamento de sementes têm ganhado importância em tempos recentes para micróbios em todo o mundo. A liberação controlada é outra tecnologia sendo explorada por instituições de pesquisa e importantes agentes para aprimorar o manejo integrado de pestes.


A América do Norte contabilizou maior participação de mercado em 2017, enquanto que a Europa é projetada para ser o mercado de maior crescimento para os próximos cinco anos. Os micróbios devem ser um potencial substituto para os pesticidas sintéticos na Europa, devido ao crescimento de regulações de uso químico e limite máximo de resíduos. A proibição do uso de neonicotinoides, glifosato e paraguat deve empurrar o crescimento da indústria de micróbios da Europa.

Os principais fatores restringindo o crescimento de micróbios agrícolas é a menor vida útil, persistência no campo e condições de armazenagem de pesticidas microbiais. As soluções microbiais têm uma vida útil de 6 a 24 meses em comparação aos pesticidas convencionais, que podem durar de dois a quatro anos.


O mercado global de micróbios agrícola é dominado por empresas como Basf (Alemanha), Bayer (Alemanha), Monsanto Bio Ag (Estados Unidos), BioWork (Estados Unidos), Dow DuPont (Estados Unidos), Syngenta (Suíça) e Certis (Estados Unidos). Alguns agentes emergentes no mercado de micróbios agrícolas incluem a Marrone Bio Innovation (Estados Unidos), Koppert (Holanda), Arysta LifeScience (Estados Unidos), Valent BioSciences (Estados Unidos) e Isagro (Itália).

Veja Mais
Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon
Banner Store 10-12-20.jpeg
logo site.png
038 - 3676-7630
038 - 988089166

© 2016 Afonso Almeida Videocomunicação Ltda - CNPJ 02.524.026/0001-64 - por Kalléo Pinheiro - Agência Mais

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon