Carne bovina: varejistas trabalharam ajustados à demanda



Alta de preços da carne bovina no varejo em São Paulo e no Paraná. Os reajustes na última semana foram de 0,8% e de 0,6%, respectivamente. Já em Minas Gerais houve recuo de 0,4% e de 0,2% no Rio de Janeiro no mesmo período. No varejo o ano termina com margens melhores do que as de 2015.

Considerando dois anos de recessão e de inflação acumulada de quase 17,0%, o cenário esperado era de um resultado pior, mas os varejistas foram ajustando as compras à demanda existente e isso permitiu elevar os preços e melhorar os resultados. É de 58,0% a diferença entre os preços pagos pela carne no atacado e o de venda ao consumidor. Em um ano houve melhora de quatro pontos percentuais.

Veja Mais
Siga "VITRINE MAIS"
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Google Places Social Icon